Diocese, Notícias › 03/05/2021

Jovens seminaristas são ordenados diáconos

Com missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB, quatro jovens foram ordenados diáconos no dia 1º de maio, festa de São José Operário. Os jovens ordenados são Antônio Araújo (Toni), da Paróquia Santo António do Alto do Paquequer, em Teresópolis; Marcelo de Castro Alvarenga da Paróquia de Santo Aleixo em Magé; kayo Baptista Carlos e João Pedro Rabelo, da Paróquia Nossa Senhora de Fátima do Pexinxa, Jacarepaguá, no Rio de janeiro.

A missa, celebrada na Catedral São Pedro de Alcântara, contou com a presença do Vigário Geral da Diocese, Monsenhor José Maria Pereira, dos padres formadores do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino e vários sacerdotes da Diocese de Petrópolis e da Arquidiocese do Rio de Janeiro, assim como diáconos permanentes, amigos e familiares dos novos diáconos. Ao final da missa, os diáconos ordenados homenageiam Padre Francisco Montemezzo que se encontra internado devido a problemas de saúde.

Em sua homilia, o bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, ressaltou a importância da família na vida dos jovens diáconos e agradeceu a resposta que eles deram ao chamando de Cristo para serem sacerdotes. Lembrando o período que os jovens passaram no Seminário Diocesano, o bispo afirmou que “uma vida foi doada a Deus para aprender, não apenas dos livros, mas da vida de testemunho de homens e mulheres aquilo que vocês já trouxeram da casa de vocês”.

O bispo ressaltou que ainda há necessidade de significar em todos nós a graça da história de uma família. “Nós não estamos perdidos nessa história. Nós temos uma casa de onde viemos. Uma família que nos educou e ao mesmo tempo, uma família que nos deu um tesouro imperecível chamado fé”, frisando que não podemos esquecer nossas origens.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.