Diocese, Notícias › 29/10/2021

Dia de Finados terá missa no cemitério em Petrópolis

No dia 2 de novembro, Dia de Finados, a Igreja Católica celebra com solenidade os fiéis defuntos com missa em todas as igrejas e onde é possível, nos cemitérios municipais. Onde não for possível a celebração da missa, os padres acompanhados de paroquianos dão a benção aos túmulos. Em Petrópolis, o bispo da Diocese, Dom Gregório Paixão, OSB, preside a missa, às 10h, na capela do Cemitério Municipal, na Rua Fabrício de Mattos.

Em 2020, por causa da pandemia causada pela Covid-19, não houve missa no cemitério. Este ano, devido ao avanço da vacinação e seguindo todos os protocolos sanitários – distanciamento social, uso de álcool em gel e máscara – será possível a realização da celebração. A missa será na intenção dos milhares de brasileiros que, desde março do ano passado, perderam a vida por causa da Covid-19.

Em suas reflexões no Dia de Finados, Dom Gregório Paixão lembra que a morte de um ente querido gera sentimentos distintos e cada pessoa vive essa experiência de forma diferente. O bispo ressalta que o próprio Jesus experimentou a morte e por isso chorou pela saudade daqueles homens e mulheres que Ele amou de coração e paixão. Recorda que Jesus ao saber da morte de seu amigo Lázaro, chorou. “Quem é capaz de amar de verdade é capaz também de chorar de verdade”.

Devido ainda a pandemia, mesmo com avanço da vacinação, a Penitenciária Apostólica do Vaticano publicou decreto sobre indulgências plenárias para os fiéis falecidos, que pode ser conquistado durante todo o mês de novembro, como ocorreu ano passado. De acordo com a Penitenciaria Apostólica a decisão foi tomada após ouvir a súplica de vários bispos e sacerdotes.

De acordo com a doutrina da Igreja, quem visitar o cemitério e rezarem, mesmo só mentalmente, pelos defuntos, concede-se a indulgência plenária aplicável apenas aos falecidos. Os fiéis para conquistar a indulgência devem obedecer às condições de costume: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração nas intenções do Sumo Pontífice.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.