Alegria da Páscoa celebrada em toda a Diocese de Petrópolis

A celebração do Tríduo Pascal, iniciado na quinta-feira com a missa do lava-pés e concluída com a missa da Vigília Pascal, foi celebrado com grande alegria nas 47 paróquias da Diocese de Petrópolis, que podem ser vistas nas redes sociais de todas as paróquias.

Rogerio Tosta
Ascom Diocese de Petrópolis

Três paróquias contou com a presença do bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB, que presidiu as celebrações, ressaltando a importância o grande amor de Deus para com a humanidade, frisando que Jesus amou Judas Iscariotes até o fim, oferecendo a ele todas as oportunidades para mudar de vida.

No dia 15 de abril, Sexta-feira da Paixão, o bispo celebrou na Paróquia Santo Antônio, no Alto da Serra, quando, ao lado do Pároco, Padre José Celestino e do Vigário Paroquial, Padre Moisés Fragoso, lembrou as vítimas da tragédia em Petrópolis, ocorrida no dia 15 de fevereiro, quando mais de 140 pessoas morreram e mais de mil famílias ficaram desabrigadas ou desalojadas.

Depois de celebrar na manhã de quinta-feira, dia 14 de abril, a missa dos Santos Óleos, quando benzeu os óleos a serem usados na administração dos sacramentos do Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos, com a presença de todos os sacerdotes diocesanos e religiosos. Dom Gregório Paixão, à noite, celebrou a missa do lava-pés na Capela São José, em Água Quente, Paróquia São José e São Charbel, em Teresópolis.

Ao lado do Padre Bruno Francisco, administrador paroquial, Dom Gregório Paixão, lembrando o gesto de Jesus, lavou os pés de 12 homens da comunidade de São José em Água Quente, Teresópolis. Para o bispo este é um mistério, pois é o próprio Deus que se inclina diante de homens para lavar os pés, numa cultura onde este serviço era realizado apenas pelos escravos ou subalternos.

A grande festa do Tríduo Pascal, a celebração da Vigília Pascal, quando a Igreja lembra a ressurreição de Jesus Cristo, Dom Gregório Paixão celebrou na Paróquia Nossa Senhora d’ Ajuda, no Município de Guapimirim. O Pároco, Padre Leonardo Santos, junto com a comunidade, preparou uma grande festa para celebrar o Cristo vivo. Durante a missa, o bispo abençoou o altar e colocou a relíquia de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores!

No domingo de Páscoa, o bispo diocesano celebrou a santa missa na Catedral de Petrópolis, São Pedro de Alcântara, às 11h30, e à noite, na Paróquia São Sebastião, no Carangola. Em todos os momentos, Dom Gregório Paixão ressaltou que não podemos ficar presos a cruz, mas, que devemos ter a certeza de uma vida nova, pois “meu Deus não está mais preso numa cruz, está vivo. A minha vida não está mais presa ao meu passado, agora é tempo novo. Tudo deve ser renovado apesar das dificuldades que enfrentamos”.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print