Notícias › 15/12/2016

Paróquias dedicadas a Nossa Senhora Aparecida terão indulgência

De acordo com documento da Penitenciária Apostólica, o Santuário Nacional e as paróquias dedicadas a Nossa Senhora Aparecida, durante o Ano Nacional Mariano terão indulgência plenária, desde que cumpram todo o ritual das indulgências. A Diocese de Petrópolis tem três paróquias dedicadas a Nossa Senhora Aparecida: Paróquia do Quitandinha (Petrópolis), Paróquia de Piebetá (Magé) e Paróquia Parada Modelo (Guapimirim).

A CNBB abriu no Brasil, em outubro de 2016, o Ano Nacional Mariano para celebrar, fazer memória e agradecer pelos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, nas águas do rio Paraíba do Sul.

A Penitenciária Apostólica anunciou o pedido do Papa Francisco para o reconhecimento do ano jubilar em curso no Brasil e a concessão da indulgência para aqueles que “verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade” visitarem na forma de peregrinação o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), ou qualquer igreja paroquial do Brasil dedicada à padroeira do país.

O documento do Vaticano ainda ressalta que que os fiéis verdadeiramente penitentes e impulsionados pela caridade, devem em forma de peregrinação visitarem a Basílica de Aparecida ou qualquer Igreja paroquial do Brasil, dedicada a Nossa Senhora Aparecida. No local, deverão devotamente participar das celebrações jubilares ou de promoções espirituais ou ao menos, por um conveniente espaço de tempo, elevarem humildes preces a Deus por Maria.

Leia mais clicando aqui

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.