Notícias › 22/08/2016

Paroquianos da Mosela peregrinam à Porta Santa

Por ocasião do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, a Paróquia São Judas Tadeu (Mosela) realizou no domingo, 21, uma peregrinação à Porta Santa da Catedral São Pedro de Alcântara. No trajeto, visitaram também o túmulo de Frei Aniceto Kroker, cujo centenário se comemora neste ano.

Os paroquianos se reuniram na Matriz de São Judas Tadeu e o pároco, Padre Jardel Lima, apresentou uma pequena explicação sobre o Ano Santo convocado pelo Papa Francisco, o qual teve início no dia 8 de dezembro de 2015 – Solenidade da Imaculada Conceição – e segue até o próximo dia 20 de novembro – Solenidade de Cristo Rei.

Em seguida, saíram em caminhada rumo à Catedral de Petrópolis, onde se encontra uma das Portas Santas da Diocese. No percurso, os fiéis foram entoando cantos e rezando o santo terço.

Clique na imagem e veja o álbum de fotos

Clique na imagem e veja o álbum de fotos

Na entrada do bairro Mosela, onde tem início o território da Paróquia São Judas Tadeu, foi feita uma oração por todas as famílias da região e também por aqueles que trabalham na localidade.

Ao chegar à Catedral, todos fizeram um momento de oração diante da Porta Santa e Pe. Jardel explicou o que representa esta porta, convidando todos a abrirem o coração para “receber a misericórdia de Deus, mas também para ser sinal de misericórdia para os irmãos”.

Por fim, os paroquianos da Mosela rezaram a última dezena do terço dentro da Catedral e fizeram alguns minutos de silêncio e oração.

Centenário de Frei Aniceto

Neste ano, a Paróquia São Judas Tadeu está comemorando o centenário de Frei Aniceto Kroker, fundador desta comunidade. Por isso, durante a peregrinação à Porta Santa da Catedral, os paroquianos aproveitaram para visitar o túmulo deste franciscano e rezar por sua alma.

Frei Aniceto nasceu na Alemanha em 25 de outubro de 1916 e, quando jovem, veio para o Brasil, onde ingressou para a Ordem dos Frades Menores. Na década de 1950 deu início a uma de suas grandes obras, a Igreja de São Judas Tadeu e as escolas da Mosela.

Na visita ao túmulo do frade, os paroquianos foram recebidos pelos franciscanos do Sagrado Coração de Jesus, Paróquia à qual pertencia a Mosela.

“Que o suor de Frei Aniceto, que caiu sobre o solo da Mosela, possa gerar sempre muitos bons frutos”, declarou Pe. Jardel, lembrando que muitos dos que ali estavam presentes conviveram com o frei e foram formados por ele.

Frei Leandro, que recebeu os visitantes, agradeceu pela presença e pelo carinho da comunidade com Frei Aniceto. “Nós franciscanos ficamos muito felizes por vê-los cultivar essa memória de Frei Aniceto. Não o conheci, mas sei que ele fez muito por essa cidade, especialmente pela Mosela e, até mesmo quando já estava doente, fazia questão de ir à Igreja de São Judas Tadeu”, afirmou.

Diante do mausoléu, todos entoaram a ‘Oração de São Francisco’ e encerraram a visita com o ‘Cântico das Criaturas’.

Pascom Paróquia São Judas Tadeu – Mosela

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.