Paróquia do Carangola promove curso de Apologética a partir de outubro

A Paróquia São Sebastião do Carangola, em Petrópolis, promove a partir do dia 9 de outubro, às 20h, o Curso de Apologética Mística Scivias, baseado nas obras de Santa Hildegard von Bingen do Século XII. Os encontros serão presenciais, no salão da Paróquia e não serão transmitidos. A inscrição será feita no dia do primeiro encontro e podem participar, além dos paroquianos, pessoas de outras paróquias.

Durante o período em que foi vigário na Paróquia Santo Antônio do Alto da Serra, Padre Alan Rodrigues Souza da Silva deu início ao curso de apologética. Por causa da pandemia, iniciada em março de 2020, o curso foi interrompido. Agora, como administrador paroquial de São Sebastião do Carangola, inicia novamente o curso, agora com o nome de Apologética Mística Scivias.

O nome é inspirado na obra de Santa Hildegard von Bingen, que é o relato feito por ela de 26 visões que teve. A obra apresenta alguns pontos como a caridade de Cristo, a natureza do universo, o reino de Deus, a queda do ser humano, a santificação e o fim do mundo. Esta obra tem importância, pois destaca a importância dos sacramentos do matrimônio e da eucaristia.

Na Carta Apostólica onde proclama para toda Igreja Santa Hildegard como Doutora da Igreja Universal, de 1 de outubro de 2012, o Papa Emérito, Bento XVI, afirmou que “esta grande figura de mulher se define com clareza límpida por santidade de vida e originalidade de doutrina. Aliás, como para qualquer experiência humana e teologal autêntica, a sua importância supera decididamente os confins de uma época e de uma sociedade e, não obstante a distância cronológica e cultural, o seu pensamento manifesta-se de atualidade perene”.

Bento XVI afirma ainda na Carta Apostólica que “em Santa Hildegard de Bingen revela-se uma extraordinária harmonia entre a doutrina e a vida quotidiana. Nela, a busca da vontade de Deus na imitação de Cristo expressa-se como uma prática constante das virtudes, que ela exerce com suma generosidade”.

Na Catequese de 8 de setembro de 2010, o Papa Emérito Bento XVI, sobre a obra Scivias de Santa Hildegard von Bingen, afirmou que “as visões místicas de Hildegard são ricas em conteúdos teológicos. Referem-se aos eventos principais da história da salvação e utilizam uma linguagem sobretudo poética e simbólica. Por exemplo, na sua obra mais conhecida, denominada Scivias, isto é «Conhece as vias», ela resume em trinta e cinco visões os acontecimentos da história da salvação, desde a criação do mundo até ao fim dos tempos. Com os traços característicos da sensibilidade feminina, Hildegarda, exatamente na secção central da sua obra, desenvolve o tema do matrimónio místico entre Deus e a humanidade, realizado na Encarnação. No madeiro da Cruz realizam-se as núpcias do Filho de Deus com a Igreja, sua esposa, cheia de graça e tornada capaz de doar a Deus novos filhos, no amor do Espírito Santo”.

Quer saber mais sobre Santa Hildegard von Bingen clique nos links abaixo:

Bento XVI: Carta Apostólica – Santa Hildegard de Bingen é proclamada Doutora da Igreja universal

Bento XVI: Catequese sobre Santa Hildegard de Bingen – 1º de setembro de 2010

Bento XVI: Catequese sobre Santa Hildegard de Bingen – 8º de setembro de 2010

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.