Diocese, Notícias › 09/09/2021

Juventude diocesana se prepara para o Adorai 2021

O Setor Juventude da Diocese de Petrópolis está se articulando desde o início do ano e superando os obstáculos e dificuldades causados pela pandemia devido a Covid-19. Para o coordenador do Setor Juventude, o reitor do Seminário Diocesano, Padre Luiz Henrique Veridiano o saldo até o momento tem sido positivo, lembrando que, com o avanço da vacina e a redução no número de casos nas cidades que formam a Diocese, os encontros nos formatos híbrido e on-line tem conseguido reunir os jovens diocesanos.

O próximo desafio do Setor Juventude é o Adorai 2021 e se depender da juventude o sucesso está garantido, pois muitos estão desejosos de se encontrar, mesmo que seja por decanato. No dia 2 de outubro acontece o pré-adorai no formato on-line com a seguinte programação: 9h, abertura com a presença de Dom Gregório Paixão, OSB, apresentando sua perspectiva para a juventude nesse semestre; 9h10 – Momento de oração da juventude; 9h30 – Exposição do Padre Rafael Solano sobre o tema da Teologia do Corpo (Catequeses: 8 e 9 de São João Paulo II); 10h30 – abertura para perguntas e 11h – Encerramento.

No dia 3, acontece o Adorai, no formato presencial por decanato.

NOTA DO SETOR JUVENTUDE DA DIOCESE DE PETRÓPOLIS

Depois de mais um ano atípico, não apenas para os trabalhos com o setor Juventude, mas para o mundo inteiro, onde ainda enfrentamos a pandemia, 2021 começou com muitas incertezas diante do retorno das atividades paroquiais.

As Comunidades depararam-se com a realidade em que os jovens já não estavam participando tão ativamente das reuniões de perseverança e dos eventos no formato online, pois muitos estavam desanimados, esperando que as atividades presenciais retornassem. Elas tinham a preocupação em mantê-los na Igreja para que não perdessem o vínculo fraterno, preocupando-se com sua saúde mental e espiritual.

Os coordenadores mantiveram as reuniões, ainda que o número de jovens fosse menor do que o comum, porém tinham a sede e o desejo de trazer a juventude de novo. A partir dessa realidade, o Senhor suscitou, por meio das pessoas que estavam indo às Igrejas, participando dos terços, das vigílias online, das reuniões à distância, um movimento de evangelização mesmo com as dificuldades. Muitos jovens foram ousados, ainda que seguindo todas as recomendações dos protocolos, cumprindo esse desejo de Cristo, movimentando encontros, formações, jornadas paroquiais, retiros em sítios abertos, tardes de adoração e muitas outras formas de atraí-los nas paróquias. Um ponto muito positivo foi o engendramento da juventude nas pastorais de acolhida, de higienização, da PASCOM, de distribuição de cestas básicas, entre outras onde não se viam os jovens e os adolescentes tão ativos mesmo antes da pandemia.

Conforme os casos de Covid-19 foram diminuindo em nossas cidades, e com a chegada das vacinas, vimos a possibilidade de voltar aos poucos com os grupos, seguindo as mesmas medidas de segurança que eram exigidas nas missas. Tínhamos a certeza de que não podíamos desistir e, diante disso, seguimos tentando nos reinventar para trazer os jovens e adolescentes para perto, reestruturando o setor Juventude de todos as paróquias de nossa diocese.

Realizamos o Congresso da Juventude no formato on-line e tivemos uma Vivência presencial para os líderes das juventudes paroquiais no dia seguinte, que ocorreu simultaneamente nos quatro decanatos. A Escola Jovem Discípulos (EJD) também foi uma forma de agregar a partir de um novo formato, onde cada módulo foi divido em quatro etapas. Três aulas no formato on-line, em nível diocesano, e o último, no formato presencial, a nível de decanato.

O ânimo foi renovado a partir dessas experiências, uma vez que os jovens ficaram mais entusiasmados pelo fato de estarem novamente, em comunidade, com retiros e eventos de que, há mais de um ano, não participavam. Em Magé, houve o Ano da Juventude, com debates sobre Pró-Vida e Política, com a presença de Chris Tonietto, Renato Morais, além de membros de Novas Comunidades, finalizando com Olivia Ferreira. Além do retiro da consciência e o Congresso da juventude com a presença de Emanuel Stênio.

Em São José do Vale do Rio Preto, aconteceu a Jornada Paroquial da Juventude com muitos jovens participando ativamente durante toda a semana. Em Teresópolis, houve movimentação com relação a retiros feitos pela paróquia de Pessegueiros, além de um luau e uma vigília organizada pelo decanato na paróquia de Santa Teresa.

Em Petrópolis, têm-se movimentado as visitas paroquiais para que os grupos sejam acompanhados de perto e animados com a presença dos responsáveis pelo decanato, gerando unidade e comunhão.

Em cada parte, a resposta foi positiva, apesar da diferença do número de presentes nas comunidades, no que diz respeito à movimentação dos grupos. Muitos testemunharam a saudade das vivências presenciais e o desejo que estavam de rezar em comunidade. Poucas paróquias ainda não voltaram, mas tentam se reestruturar para acolher os jovens e voltar ao ritmo que tinham antes da pandemia.

A evangelização encontra-se mais exigente que antes, pois a necessidade de ir ao encontro dos jovens tornou-se uma parte essencial do projeto de revitalização juvenil paroquial. A consciência da importância da comunidade, para maior aprofundamento e formação com relação aos sacramentos, também é outro ponto que tem sido revisado e questionado pelos coordenadores e sacerdotes.

Os tempos em que estamos não são fáceis, visto que as dificuldades a cada dia aumentam, porém é necessário continuar estimulando os líderes a não perderem a esperança, pois o que é de Deus permanece. Certamente, os frutos aparecerão ainda que não os vejamos de forma imediata, afinal, o Senhor é fiel em suas promessas.

É preciso passar pelas barreiras com o coração ao alto e os joelhos no chão. Seja firme e corajosa, juventude do Amor Divino, pois sendo o ouro provado pelo fogo, da mesma forma o cristão é provado pelas provações para sua santificação. As tribulações do tempo presente não se comparam à glória que nos há de ser revelada (Rm 8, 18)

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.