Festa de Nossa Senhora de Montserrat em Teresópolis

No dia 5 de setembro, com a presença do Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB, tem início a festa de Nossa Senhora de Montserrat, na Paróquia São Cristóvão em Teresópolis. A programação ppode ser conferida no cartaz abaixo.

História – Na montanha chamada Montserrat, perto de Barcelona, na Região da Catalunha, Espanha, uma igreja contém agora ’milagre de trabalho‘ a estátua de Nossa Senhora e o Menino Jesus conhecida como “La Moreneta“, isto é : um pouco escura.

A  origem da devoção a Nossa Senhora no Santuário de  Montserrat de acordo com os registros das primeiras datas são de  932, quando o conde de  Barcelona confirmou e renovou uma doação para o santuário feito por seu pai em  888. Esta doação foi confirmada em  982 por  Lothaire, Rei  da França .

Um outro relato aparentemente bem aceito, indica que a imagem foi transferida para Montserrat em  718,  para evitar o perigo apresentado pela invasão dos sarracenos . A imagem desaparece do registro histórico, neste ponto, para reaparecer em uma exploração onde os pastores encontraram a estátua perdida sob a orientação sobrenatural em  890:

Embora tomando conta de seus rebanhos naquela noite os pastores ficaram maravilhados ao ver luzes e ouvir o cantar que vinha das montanhas . Quando isso repetiu , os pastores relataram a situação a um sacerdote, que investigava . Quando o sacerdote ouviu o canto e viu as luzes misteriosas , informou ao bispo, e ele também presenciou o fenômeno . A estátua de Nossa Senhora foi descoberta em uma caverna e foi trazida para uma pequena igreja que logo foi erguida .

O  Mosteiro de  Montserrat, situado perto do topo de uma montanha de 4.000 metros, é lá a casa de 80 monges . Os monges recebem bem os visitantes e os convidam a participar de suas celebrações diárias da Santa Missa e a recitação da Liturgia das Horas .

Senhoras Negras são encontradas em toda a Europa, especialmente na França, a mais famosa é a de  Chartres na França , Czestochowa na Polônia e  Montserrat na Espanha.

O Santuário

Montserrat é um mosteiro beneditino com quase mil anos de história, ao redor do qual foi construído um santuário mariano. A vida em Montserrat é marcada pela presença espiritual de Maria, pela adesão ao Evangelho segundo a regra de São Bento e pelo acolhimento dos peregrinos. Este centro espiritual mariano está situado na Catalunha, em Espanha.

Como diz o próprio nome (Monte serrado), o santuário encontra-se no alto de um monte entre as montanhas sobre as quais surgem a basílica e o mosteiro beneditino. Montserrat é conhecido pela espiritualidade, pela natureza, pela cultura e pelo acolhimento.

A basílica, em estilo neogótico e renascentista, foi consagrada em 1592, 100 anos depois do descobrimento da América. A figura da Virgem, que remonta ao final do século XII, está sentada em um trono de prata. Passando, os peregrinos tocam e beijam a mão direita de Maria, que segura uma esfera, símbolo de realeza, enquanto com a outra mão oferece seu filho Jesus.

Na capela do “Camarín de la Virgen”, alguns ornamentos foram desenhados pelo jovem Antonio Gaudì.
A estrutura de Montserrat desempenha um significativo papel cultural, caracterizado pela música e pelo canto da Escolanía e das monjas nas celebrações litúrgicas, pelos museus de pintura e escultura, pela publicação de livros, pelo estudo da Filosofia, da Teologia, da História e das Ciências Humanas e do artesanato.

Além de 70 religiosas, em Montserrat vivem também os Escolans, o coro infantil mais antigo da Europa. Diariamente, é possível ouvir o Salve Rainha, o Virolai – o hino a Nossa Senhora de Montserrat – e um coral polifónico depois das Vésperas. O coro de vozes brancas é formado por rapazes entre os 9 e os 14 anos. O santuário, que acolheu diversos santos e Papas no arco de sua história, recebe anualmente cerca de dois milhões de visitantes.

Fonte: Títulos de Nossa Senhora – Portal: https://www.a12.com/

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.