Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Dom Joel Portella é o novo bispo da Diocese de Petrópolis

Dom Joel Portella Amado, 69 anos, é novo bispo da Diocese de Petrópolis, conforme publicação e anúncio do Vaticano, na manhã de hoje,  e tem como lema de seu episcopado “Omnibus Omnia Propter Evangelium” (Tudo para Todos em favor do Evangelho). A posse está marcada para o dia 9 de março, às 8h30, na Catedral São Pedro de Alcântara, com a presença de todo o clero e bispos do Regional Leste 1.

Em sua primeira palavra ao povo da Diocese de Petrópolis, Dom Joel Portella, agradeceu ao Papa Francisco a nomeação e “gratidão desde já à Diocese de Petrópolis, que agora me acolhe para, juntos, caminharmos por onde o Bom Deus nos conduzir. Gratidão ao clero, que, nesses dias, está reunido em formação permanente. É fundamental estarmos juntos, rezando e refletindo sobre os rumos da missão. Gratidão a Mons. José Maria Pereira, administrador diocesano, pelo zelo com que vem conduzindo a diocese. Gratidão à vida consagrada, ao laicato e aos seminaristas”.

Em sua mensagem inicial fez um pedido, “aquele que eu aprendi com o Papa Francisco: rezem por mim”. E afirmou ainda que a “Diocese de Petrópolis, presente de Deus, tão carinhosamente preparado para mim, presente bem maior do que eu mereço, desde quando eu soube da nomeação, vocês já fazem parte das minhas orações. É muito significativo o fato de, em preparação ao Jubileu, estarmos no Ano da Oração. É bom iniciar uma missão em um tempo assim”

Atualmente ele é o presidente da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), era bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro e foi secretário-geral da CNBB, no período de 2019 a 2023, com destaque para sua atuação e animação pastoral da Igreja no Brasil, durante a pandemia da Covid-19.

Dom Joel nasceu no Rio de Janeiro, em 2 de outubro de 1954. Estudou Filosofia no Instituto Aloisiano da Companhia de Jesus e Teologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), onde fez o Doutorado em Teologia. Cursou ainda a faculdade de Direito na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Foi ordenado presbítero em 12 de outubro de 1982 no Rio de Janeiro.

Em 07 de dezembro de 2016 fio designado como bispo auxiliar da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, pelo Papa Francisco, tendo recebido a ordenação episcopal no dia 28 de janeiro de 2017 na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. Desempenha desde então o serviço de Bispo Auxiliar da referida arquidiocese.

Como padre, Dom Joel desempenou as funções de: Pároco nas Paróquias Jesus Ressuscitado e Nossa Senhora da Vitória (1982 – 1991); Pároco na Paróquia Nossa Senhora da Vitória (1991 – 2014); Vigário Forâneo, Membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores, Coordenador de Pastoral e Vigário Geral.

Foi membro do INP – Instituto Nacional de Pastoral (2008 – 2012); Membro da equipe de reflexão teológico-pastoral do CELAM (2014 – 2016); Membro do Cabido Metropolitano e nomeado Capelão de Sua Santidade, pelo Santo Padre Bento XVI. É ainda membro da Academia Luso-Brasileira de Letras. (2014 – 2016); Pároco da Catedral de S. Sebastião do Rio de Janeiro. (2016 – 2016). Ele foi professor no Instituto Superior de Teologia da Arquidiocese do Rio de Janeiro e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e membro da Comissão Organizadora de elaboração das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil da CNBB.

Durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, realizada em maio de 2019, em Aparecida (SP), foi eleito Secretário-Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Como secretário-geral, dom Joel conduziu a CNBB e garantiu a animação pastoral da Igreja no Brasil no período da pandemia, com destaque para a coordenação da Ação Emergencial “É Tempo de Cuidar”, foi um dos dinamizadores da equipe de Animação do Sínodo no Brasil, tendo acolhido, em Brasília (DF), em março de 2023, o encontro do Cone Sul da Etapa Continental do Sínodo, coordenou a Edições CNBB, presidiu o Conselho Gestor do Fundo Nacional de Solidariedade e também foi um dos responsáveis por implementar a modernização da gestão na sede e filiais.

Em 2023, durante a Assembleia Nacional dos Bispos do Brasil, Dom Joel Portella foi eleito para presidir a Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para o quadriênio 2023-2027.

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Ascom Diocese de Petrópolis’.
Texto e Fotos são de propriedade da Diocese de Petrópolis e dos autores em artigos assinados (Lei de Direitos Autorais). 

Facebook
WhatsApp
Twitter
Email
Print