Em Missa vocacional, Paróquia da Mosela reza pelo Seminário Diocesano

Pe. Luiz Henrique durante Missa na Paróquia S. Judas Tadeu. Foto: Pascom Paróquia da Mosela

A Paróquia São Judas Tadeu, na Mosela (Decanato São Pedro de Alcântara), recebeu no último domingo, 17 de março, o reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino, Pe. Luiz Henrique Veridiano, e os seminaristas do Propedêutico e do Seminário Menor, para uma Missa vocacional, na qual se recordou o 70º aniversário do Seminário.

Pe. Luiz Henrique presidiu a Missa das 11h, a convite do pároco, Pe. Rogério Dias, e, em sua homilia, fez um convite aos paroquianos da Mosela: “Hoje, venho convidar a Paróquia São Judas Tadeu a rezar pelo Seminário, rezar pelas vocações e ajudar o Seminário”.

O reitor recordou que quando o primeiro Bispo, Dom Manoel Pedro da Cunha Cintra, chegou à Diocese de Petrópolis, a primeira coisa que fez “foi ir à pequenina Igreja de Nossa Senhora do Amor Divino, em Corrêas, e rezou, pedindo a Nossa Senhora, pedindo a Deus um Seminário”, pois sabia que “não pode existir Igreja sem padres”.

“Há duas coisas que só o padre pode fazer: é aquele que vai absolver os nossos pecados e, sem absolvição dos pecados, não há Salvação; o padre é o único que pode consagrar o pão e o vinho e trazer para nós Jesus na Eucaristia, o nosso alimento, a nossa força diária”, afirmou, ao reforçar: “Meus irmãos, rezemos pelas vocações. Deus foi muito bom e generoso com a Diocese de Petrópolis”.

Nesses 70 anos de história, destacou o sacerdote, “nosso Seminário tem dado padres para nossa Diocese, mais de 100 padres e outros fora da Diocese também: 70 anos e nunca fechou suas portas; 70 anos e nunca deixou de cumprir sua função”.

Pe. Luiz Henrique declarou que “Deus continua chamando” e novas vocações chegam todos os anos ao Seminário. Porém, sublinhou que “nós temos que fazer a experiência do Tabor, para que nossa fé nos ajude a amar as vocações, amar os sacerdotes, rezar pelos sacerdotes, valorizar os sacerdotes de nossa Paróquia, cuidar deles, cuidar do Seminário, para que nunca falte em nenhum momento de nossas vidas um bom padre ao nosso lado”, pois “o padre vai te dar Deus e você vai dar Deus para o mundo, com o seu testemunho, sua vida”, completou.

O Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino completa 70 anos no próximo dia 25 de março, data que será celebrada com Missa Solene, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão, às 19h30.

Confira a programação completa da comemoração dos 70 anos do Seminário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *