Padre Alex toma posse como Pároco em Areal e assume a coordenação diocesana pastoral

Padre Alexander de Brito Silva assumiu esta semana, no seu retorno a Diocese de Petrópolis, depois de três anos como missionário na Amazônia, a função de Pároco da Paróquia Nossa Senhora das Dores, no município de Areal, e como Coordenador Diocesano de Pastoral.

A posse de Padre Alexander, mais conhecido como Pe. Alex, como Pároco, aconteceu no dia 8 de junho, na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores em Areal, com missa presidida pelo bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB e concelebrada por diversos sacerdotes. Durante a homilia, o bispo agradeceu a Padre Alex pelo sim e pela sua disponibilidade em colocar-se a serviço da Igreja.

Ainda referindo-se a Padre Alex, Dom Gregório Paixão ressaltou sua capacidade de fazer muitas coisas e por buscar fazer tudo muito bem. Em sua homilia, o bispo pediu que ele continue a dar o melhor para Deus, lembrando que, por ser limitado, não temos condições de fazer tudo, mas devemos sempre lembrar que “a obra não é nossa. A obra é do senhor. Somos apenas ministros daquele que nos convidou para exercer bem uma grande função, um grande mistério que estamos vivendo neste momento pela continuação da sua missão aqui nessa paróquia, mais no fundo a sua missão como pastor dentro da Igreja”.

Ao final da missa, Padre Alex falando pela primeira vez como Pároco de Areal, destacou a beleza da missão que Deus confiou a ele por meio do bispo diocesano, destacou que Deus suscitou nele a vocação missionária, dentro da vocação sacerdotal. “Minha gratidão a Deus por esse belíssimo dom, levar Cristo aos mais necessitados e longínquos. Essa é a beleza daqueles que entregam sua vida totalmente pelo reino. Estar sempre em missão, pois somos sempre missionários. Missão é sempre partir. Um dia a partir da minha casa para o Seminário, do Seminário para Raiz da Serra, de Raiz da Serra para Santo Aleixo e depois de volta para Raiz da Serra e de lá para Amazônia, onde tive a honra de servir e agora para esta Paróquia de Areal”.

Padre Alexander Brito falou sobre a realidade da Igreja no Brasil, ressaltando que dentro desta realidade, a Diocese de Petrópolis dentro das suas possibilidades está muito bem com o número de sacerdotes que têm. “Como Igreja penso também voltamos com um desejo grande nessa realidade da missão, mais do que uma pastoral de manutenção, mas uma igreja que vai ao encontro, que parte, que saia da comodidade do templo para ir ao encontro dos irmãos e irmãs mais necessitados”.

Padre Alex ressaltou ainda a vontade de continuar vivendo esta dimensão missionária dentro da Diocese, no serviço na Paróquia de Areal, com uma pastoral que vai ao encontro das pessoas mais necessitados, “não apenas para levar algo, mais uma presença da igreja nos diversos âmbitos onde somos solicitados”.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on email
Email
Share on print
Print