Diocese, Notícias › 29/01/2018

Os Servos da Alegria – Cinco anos levando a alegria de Cristo aos corações

“A alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira dos que se encontram com Jesus”.
A atividade dos Servos da Alegria começou no Hospital Universitário Antônio Pedro com o Padre Marcelo José Monteiro da Costa, da Arquidiocese de Niterói e com apenas cinco jovens…  E com o tempo, a semente foi crescendo e se tornando uma grande árvore que leva a alegria para muitos corações que estão dentro dos hospitais, asilos, creches, maternidades,…
A semente cresceu
“É como um grão de mostarda que, quando se semeia na terra, é a menor de todas as sementes que há na terra; Mas, tendo sido semeado, cresce; e faz-se a maior de todas as hortaliças, e cria grandes ramos, de tal maneira que as aves do céu podem aninhar-se debaixo da sua sombra.” (Mc 4, 31 -32).
A carta do Papa
 
A semente foi lançada e ao longo desses cinco anos, os Servos da Alegria foram para outros lugares de missão levando a alegria do Evangelho de modo diferenciado, conforme o papa Francisco comenta em sua carta “Evangelii Gaudium”:
 “Quero dirigir-me aos fiéis cristãos – escreve o Papa – para os convidar para uma nova etapa evangelizadora marcada por essa alegria, e indicar caminhos para a marcha da Igreja nos próximos anos”.   (EG 1).
O papa com essa carta quer que cada batizado esteja consciente da sua vida cristã e que possa transmitir com alegria e dinamismo novos o amor de Jesus aos corações.  De fato, é uma missão permanente e que podemos vencer o grande risco do mundo atual: o de cair numa tristeza individualista, num consumismo desenfreado querendo buscar a felicidade aonde não tem.
O Papa convida a “recuperar a frescura original do Evangelho”, encontrando “novos caminhos” e “métodos criativos”, a não encerrar Jesus nos nossos “esquemas aborrecidos”. É necessária “uma conversão pastoral e missionária, que não pode deixar as coisas como estão” e uma “reforma de estruturas” eclesiais para que “todas elas se tornem mais missionárias”.
Lugares de missão
São várias as frentes de missão, em que os Servos da Alegria estão. São duas Arquidioceses: Rio de Janeiro e Niterói.
Vejamos os seguintes lugares:
–  Niterói:  
Hospital Universitário Antônio Pedro, que acontece todo domingo às 8h30 e logo depois a Santa Missa (10h30);
Hospital Carlos Tortely, que acontece todo domingo às 14h00;
– São Gonçalo:
Hospital das Clínicas de São Gonçalo (inicio da missão em 22\12\17);
Abrigo Cristo Redentor – Estrela do Norte;
Casa de Repouso para Idosos Shalon;
Hospital Dr. Luiz Palmier;
Hospital Infantil Darcy Vargas;
Lar de adoção Adonai;
Instituição Cristã Amor ao Próximo;
Lar Samaritano;
– Itaboraí:
Hospital João Batista Cafaro;
Hospital Estadual Tavares de Macedo;
– Rio de Janeiro:
Hospital CEMERU – Santa Cruz
Hospital Federal da Lagoa;
Contudo, são várias atuações dos Servos da Alegria que levam a alegria de Cristo aos corações.   O chamado é para todos  nessa missão: “Venha!”  Ela tem característica ecumênica, ou seja, se você é de uma denominação cristã e se sente chamado a realizar tal trabalho…  E se você é de outra religião e sente a alegria de servir aos outros – a exemplo de Jesus Cristo – venha participar conosco.
Pe. Marcelo José Monteiro da Costa, idealizador dos Servos da Alegria.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.