Diocese, Notícias › 15/02/2018

Dom Gregório Paixão afirma que é preciso superar todos os tipos de violência

14 02 2018 MIssa Bispo Quarta Feira de Cinzas

Clique na imagem e veja o álbum de fotos

O Bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão (OSB) celebrou a missa de quarta-feira de Cinzas, na Catedral São Pedro de Alcântara, quando falou sobre o inicio da Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema central “Fraternidade e superação da violência” e o lema: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8). “Precisamos superar todos os tipos de violência, começando em nossas famílias”, afirmou o bispo, lembrando que cada família é um lugar sagrado.

Referindo-se a mensagem do Papa Francisco para os brasileiros sobre a Campanha da Fraternidade, Dom Gregório lembra que o Sumo Pontífice chama atenção para todos os tipos de violência. “Sejamos protagonistas da superação da violência fazendo-nos arautos e construtores da paz. Uma paz que é fruto do desenvolvimento integral de todos, uma paz que nasce de uma nova relação também com todas as criaturas. A paz é tecida no dia-a-dia com paciência e misericórdia, no seio da família, na dinâmica da comunidade, nas relações de trabalho, na relação com a natureza. São pequenos gestos de respeito, de escuta, de diálogo, de silêncio, de afeto, de acolhida, de integração, que criam espaços onde se respira a fraternidade: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8), como destaca o lema da Campanha da Fraternidade deste ano. Em Cristo somos da mesma família, nascidos do sangue da cruz, nossa salvação. As comunidades da Igreja no Brasil anunciem a conversão, o dia da salvação para conviverem sem violência” afirma o Papa.

Dom Gregório Paixão disse que vivemos uma sociedade violenta e não apenas a violência que vemos no dia a dia, com aquela que acontece nas comunidades, como vem ocorrendo no Rio, nas guerras e atos de terrorismo no mundo. “Temos que superar a violência que acontece em nossas casas, quando pela palavra agredimos uns aos outros e damos uma resposta que não ajuda na formação dos filhos”.

O bispo disse que a Igreja no Brasil quer que os cristãos pelo amor a Cristo, sejam capazes de superar a violência, pelo testemunho do amor e com práticas que promova a cultura da paz. Dom Gregório Paixão sugeriu que todos leem o texto base da Campanha da Fraternidade deste ano que traz uma reflexão sobre a violência e as formas de superá-la.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.