Diocese, Notícias › 30/10/2020

Finados terá missa em todas as paróquias da Diocese

Como é costume todos os anos, o dia 2 de novembro, Dia de Finados, haverá missa em todas as paróquias da Diocese de Petrópolis. O bispo diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB, presidi a missa das 10h, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Petrópolis.

Pela primeira vez, o bispo não celebra a missa de finados na capela do Cemitério Municipal de Petrópolis. A decisão foi tomada para evitar aglomeração devido a pandemia causada pelo Covid-19, pois, anualmente mais de 300 pessoas participam da celebração e devido ao espaço ser pequeno.

Em todas as igrejas onde haverá missa, será respeitado o número de participação e todas as medidas de segurança sanitária foram tomadas, atendendo as determinações das autoridades de saúde.

Para conferir o horário da missa, basta clicar aqui

EM VÍDEO, SECRETÁRIO-GERAL DA CNBB MOTIVA OS CATÓLICOS A MANIFESTAR A FÉ E HOMENAGEAR A VIDA NO PRÓXIMO DIA DE FINADOS

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB),  dom Joel Portella Amado, divulgou vídeo sobre a campanha “É Tempo de Cuidar da Saudade e da Casa Comum”, no qual reafirma o convite a todos os cristãos católicos do país a plantarem, no próximo Dia de Finados, 2 de novembro, uma árvore em memória dos pessoas que faleceram, de forma especial também da pessoas que morreram vitimadas pela Covid-19.

Frente à necessidade ainda de manter o distanciamento social, o Secretário-Geral da CNBB motiva os brasileiros à uma nova forma de manifestar a fé e de homenagear as vidas que se foram com o plantio de uma árvore, junto à oração, sem se colocar em risco e colocar outras pessoas em risco, evitando as aglomerações nos cemitérios. Segundo dom Joel, trata-se de uma atitude pequena e simples, que se une à oração, para manifestar o compromisso pela Casa Comum dada à humanidade por Deus.

CNBB CONVOCA FIÉIS A PLANTAR UMA ÁRVORE NO DIA DE FINADOS

No próximo dois de novembro, Dia de Finados, os brasileiros são convidados a plantarem uma árvore em memória dos entes falecidos. De acordo com o bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, “esse gesto, além de evitar as tradicionais aglomerações nos cemitérios, liga-se também à triste destruição ecológica decorrente das queimadas em algumas regiões do país”.

A campanha convida as pessoas a também publicarem a sua foto no Instagram plantando a árvore e contando a história de quem recebe a homenagem. Basta fazer uma foto e publicar na plataforma usando a hashtag #CuidarDaSaudade.  As fotos serão publicadas no hotsite da campanha, que está hospedado no site da CNBB: https://www.cnbb.org.br/cuidardasaudade/

Cuidar da saudade e da Casa Comum

A iniciativa tem como slogan “É tempo de cuidar da saudade e da Casa Comum” e faz parte da Ação Solidária Emergencial da Igreja no Brasil “É Tempo de Cuidar”. A Ação Solidária, criada pela CNBB e pela Cáritas desde o início da pandemia da Covid-19, tem como objetivo estimular diversas iniciativas de cuidado com o próximo, desde a arrecadação e distribuição de doações até a ajuda nos campos religioso, humano e emocional. A ação do Dia de Finados também conta com a participação da Pascom Brasil e da Signis Brasil.

O convite para plantar uma árvore no Dia de Finados, segundo dom Joel, é feito a “todos que experimentam a saudade e se angustiam com a devastação ambiental”. Dentro da perspectiva ecológica, a CNBB indica o plantio de árvores nativas de cada região e, se possível, árvores alimentícias. Além disso, é recomendável que se evitem sementes, fazendo o plantio a partir de mudas, com procedência garantida.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.