Fábula 35ª – O carpinteiro aposentado

O carpinteiro aposentado

Há muito tempo atrás vivia um carpinteiro idoso, construtor de casas de madeira e que estava prestes a se aposentar. Ele informou ao seu patrão o desejo de sair da indústria de construção e passar mais tempo com sua família. Disse, ainda, que sentiria falta do salário integral, mas realmente queria se aposentar.

A empresa não seria muito afetada pela saída do carpinteiro, mas o patrão estava triste por ver um funcionário competente partindo. Por isso, pediu ao carpinteiro para trabalhar em mais um projeto, como um favor, oferecendo-lhe material de primeira qualidade para essa obra.

O carpinteiro não gostou, mas acabou concordando. E foi fácil ver que ele não estava entusiasmado com a ideia. Assim, ele fez um trabalho de segunda qualidade, apesar do excelente material recebido. Foi uma maneira negativa de terminar sua carreira.

Quando o carpinteiro acabou, seu antigo patrão veio fazer a inspeção da casa construída. E, dando a chave da casa para o carpinteiro, disse:

– Essa casa é sua! É meu presente para você, pelos anos de dedicação à nossa empresa.

O carpinteiro ficou muito surpreso e triste. Que pena! Estava com um excelente material e desperdiçou, não o utilizando devidamente. Se soubesse que estava construindo sua própria casa, teria feito tudo diferente.

MORAL DA HISTÓRIA

“A vida é um projeto que você mesmo constrói”

E como nos afirmou Jesus, no evangelho narrado por São Marcos, no capítulo 7º, versículos 26 e 27: “Mas quem ouve estas minhas palavras e não as pratica é como um insensato que construiu a sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa, e ela caiu. E foi grande a sua queda”.

Deus te abençoe!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.