Fábula 25ª O Professor Ateu

O professor ateu
Um professor, que se dizia ateu, ensinava história numa escola pública.
Numa de suas aulas disse aos alunos:
– Devemos sempre respeitar as autoridades, obedecer as leis, estudar muito e andar sempre direito. Basta isso para sermos felizes e transformarmos a sociedade, pois Deus é uma ficção.
Um aluno inteligente e convicto de sua fé, perguntou ao mestre ateu:
– Professor, para que andar direito se Deus não existe? Conheço muita gente que respeita as autoridades para não ir para a cadeia; dão esmolas para ganhar elogios ou receber votos. Estudam muito, mas nós vemos que os maiores ladrões são pessoas estudadas… e os maiores assassinos sabem ler, escrever e contar…
Diante do questionamento, o professor respondeu:
– Já bateu o sino, vamos terminar a aula.
MORAL DA HISTÓRIA
“Uma falsa ciência gera ateus, mas a verdadeira ciência leva os homens a se curvar diante da divindade”
E nos ensina o salmo 14, versículo 1º:
Diz o insensato em seu próprio coração: “Deus não existe”. Corromperam-se em atos detestáveis; já não há quem faça o bem”.
Deus te abençoe!

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.