Educação

Educação

A Pastoral da Educação é presença evangelizadora da Igreja no mundo da educação, por isso ela procura ser um espaço de refl exão e ação para os educadores descobrirem formas de evangelizar através de processos educativos, dinâmicos e criativos, que atendam a todos, favorecendo para que o educando seja sujeito da realidade, tendo como ponto de referência, Jesus Cristo.

A Pastoral da Educação merece particular atenção devido às exigências sempre maiores de formação que existem em nossa sociedade. Ela deve ser organizada em todos os níveis, como espa- ço de refl exão e ação, onde o educador possa descobrir formas de evangelizar através de processos educativos.

O compromisso com a educação transcende os limites da escola, apoiando as múltiplas formas de educação popular e os projetos de reeducação dos excluídos. A Igreja, através da Pastoral da Educação, deu e dará prioridade à família, à infância e à juventude, à formação de comunidades e de lideranças.

Isso deve se realizar, naturalmente, em conjunto com as Pastorais específi cas que cuidam da família, criança, juventude, das comunicações, escolar… Com elas a Pastoral da Educação deve manter um diálogo constante.

Ser cristão e construir o Reino de Deus requer um processo educativo para que as pessoas livremente assimilem, reconstruam e assumam a proposta de Deus no caminho para a felicidade. É por isso que a Igreja sempre deu grande importância à educação.

A Pastoral da Educação caminha guiada pela palavra do grande Educador e pedagogo Jesus Cristo, respeitando as individualidades, onde cada um tem o direito de ser o que é e, assim, contribuir para melhorar a sociedade.

Maria Nilva – Coordenadora diocesana da Pastoral da Educação

Texto publicado na edição de março/2015 do Jornal Diocesano Voz da Igreja