Último dia da JDJ 2018 – Dom Gregório Paixão encoraja a juventude a não desistir da luta

Iniciamos o quarto e último dia da JDJ com a animação do cantor Jeferson Manuel, levando a juventude a entoar “Eu sou livre para adorar, eu sou livre para cantar a Ti”. Jeferson refletiu sobre a importância dos jovens estarem dispostos a dar suas vidas pelo reino de Deus, evangelizando e cumprindo com seu propósito de levar o Espírito Santo às pessoas.

Posteriormente, Dom Gregório Paixão (OSB), utilizando a história de São Paulo, falou sobre a coragem que devemos ter para anunciar o nome de Jesus Cristo:

“[…] A coragem é própria de quem não desistiu de lutar. Corajoso é aquele cujo coração é maior que seus medos, que tem consciência de que Deus é maior que a sua limitação, que não apenas vê as dificuldades do tempo presente, mas aproveita essas dificuldades para olhar o futuro. Nenhum de nós nasceu para ser escravo do medo”, afirma Dom Gregório Paixão.

O bispo também alertou os jovens a não aceitarem as “facilidades” que lhes são oferecidas, escolhendo caminhos mais fáceis, porém que não levam a bons lugares.

JDJ 29 07 2018 Tendas

Clique na imagem e veja o álbum completo das tendas da JDJ 2018

A juventude aproveitou o show do cantor e pregador Emanuel Stênio, da Comunidade Canção Nova. Nas palavras de Stênio, “Deus jamais fará por nós aquilo que Ele nos capacita para fazer”. Assim, ele falou da necessidade dos cristãos não cederem às ideologias mundanas, frente ao relativismo atual.

Com a presença dos músicos Celina Borges, Olívia Ferreira, Marcio Pacheco, Marcela Siesler, Emanuel Stênio e da Comunidade Colo de Deus, os shows da tarde foram embalados por grande participação e alegria do público, que cantaram e adoraram a Deus com o entusiasmo de que, com certeza, o amor d’Ele estava presente naquele lugar.

Na Santa Missa, durante sua homilia, o bispo exortou que, Jesus, ao alimentar a multidão e antes pedir que esta se acalmasse, ponderou que nós, quando não nos acalmamos para viver bem o Evangelho, acabamos nos alimentando de coisas que não saciam nossa existência.

Antes da bênção final, foi comemorado os 12 anos de ordenação episcopal de Dom Gregório. Também, com imensa alegria, a juventude vibrou ao anúncio de que, o Decanato de Santa Teresa- Teresópolis, será a sede da próxima JDJ, em 2021.

A JDJ é a oportunidade que temos de estar reunidos louvando ao Senhor, como uma grande família, e isso é muito bom ”. – Isadora Ferreira, 16 anos. Paróquia Nossa Senhora da Guia- Mauá.

“O aprendizado que levo daqui é de continuar firme na fé católica, na certeza de que estou no lugar certo, na presença de Deus”. – Lucas Silva, 27 anos. Paróquia São Nicolau- Suruí.

JDJ 29 07 2018 Encerramento

Clique na imagem e veja o album completo com todas as fotos do encerramento da JDJ 2018

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.