Padre André Asthine toma posse como pároco de Santo Tomás de Aquino

11 02 2018 Posse Padre André Asthine

Clique na imagem e veja o álbum de fotos

A Paróquia Santo Tomás de Aquino, no dia 11 de fevereiro, acolheu com grande alegria e festa seu novo Pároco, Padre André Ricardo Asthine. A posse do padre aconteceu na missa das 8h30, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão (OSB) e com a presença da família do sacerdote e de amigos das paróquias por onde ele passou.

Padre André Asthine não escondeu sua alegria em assumir a Paróquia de Santo Tomás de Aquino, onde chegou a trabalhar como vigário paroquial, quando a comunidade era capela da Paróquia São Pedro de Alcântara. Ele afirmou que seu desejo é cumprir a missão dada por Deus e respondendo a confiança do bispo diocesano ao nomeá-lo pároco de Santo Tomás de Aquino.

O novo Pároco de Santo Tomás de Aquino lembrou um momento vivido em sua juventude, há cerca de 30 anos, na mesma igreja onde tomou posse. Era o encerramento do encontro Semente, fundado pelo saudoso Padre Jac, e o jovem André recebeu das mãos do bispo na época, Dom José Fernandes Veloso, uma cruz com a frase “Cristo conta contigo”. “Naquele momento, nem pensava em ser padre. Passados 30 anos e aquela vontade de encontrar o Senhor cresceu e se aprofundou a ponto de se tornar uma configuração ontológico, que significa quando o ser humano está unido de tal forma ao mistério de Cristo pela consagração. Hoje estou na mesma igreja, outro é o bispo e outra a missão que recebo. Novamente, aquele que disse para mim “eu preciso de você”, mais uma vez está contando comigo e me sinto feliz por dar mais um passo nesta caminhada”.

Ouça na íntegra as palavras de Padre André.

Dom Gegório Paixão em sua homilia, depois de refletir sobre o evangelho do sexto domingo do Tempo do Comum, falou sobre a missão do pároco, que entre outras coisas não é resolver todos os problemas, mas caminhar ao lado das pessoas tendo um espírito paterno e materno, um coração de pastor levando o povo a rezar e a encontrar-se com o Senhor Jesus. “Ser pároco é ser fundamentalmente pastor, ter ouvido para ouvir, ter um olhar carinhoso para as pessoas, é ter olhos para observar as necessidades dos outros e sorrir com todos nos momentos de alegria e chorar também nos momentos de tristeza. Ser pároco é ser irmão, saber caminhar com os outros e saber acolher a todos com o amor de Deus”.

Ouça na íntegra a homilia de Dom Gregório Paixão

Foto e texto: Equipe Pascom Diocesana

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.