Notícias › 27/10/2015

Paróquia Santo Antônio e seus 160 anos

A Paróquia de Santo Antonio em Teresópolis celebrou, no dia 25 de outubro, seus 160 anos de criação. Após uma semana de atividades, iniciada no domingo anterior com missa Campal celebrada pelo padre Robson Oliveira, e encerrada no sábado com a procissão luminosa, a comunidade do Alto encerrou as festividades com missa solene presidida pelo bispo diocesano, Dom Gregório Paixão. Estiveram presentes também autoridades e representantes dos diversos níveis de governo, das ordens e congregações religiosas, movimentos e demais paróquias do município, que após a procissão de entrada fizeram a apresentação à comunidade, enquanto um breve histórico da paróquia era lido.

As comemorações pelos 160 anos da paróquia foram abertas no último domingo, dia 18, com a presença do padre Robson de Oliveira, que pela primeira vez trouxe ao Estado do Rio de Janeiro a imagem peregrina do Divino Pai Eterno, em missa campal que reuniou caravanas inclusive de fora da cidade. A programação festiva foi aberta na segunda-feira, dia 19, com a carreata que seguiu até o centro da cidade, e contou com a presença dos Arautos do Evangelho, que durante toda a semana realizaram missões pelas casas, hospitais, escolas e o entorno do bairro, levando também a devoção ao Imaculado coração de Maria. Durante as missas semanais participaram também da condução da adoração e bênção do santíssimo e promoveram palestras e exposições de vídeos com motivos piedosos e devocionais. Assim como nas demais celebrações, participaram da liturgia com a orquestra, que mesclava músicas em latim e músicas litúrgicas populares, geralmente direcionadas a Nossa Senhora.

Veja o álbum completo aqui.

No final da tarde deste domingo festivo, antecedendo a missa solene, houve a apresentação da orquestra da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro, que trouxe no repertório músicas populares nacionais e internacionais, além da participação da cantora local mariana pereira, que cantou músicas religiosas, merecendo os aplausos da plateia.

Dom Gregório Paixão disse em sua homilia que o bem mais precioso deixado pelos antepassados foi a fé, grande presente para a paróquia. Assinalou também que a não é alheio aos sofrimentos do povo teresopolitano, e orientou que mantivessem firmes na oração e na ação, para superarem este momento, de muitas dores e sofrimentos.

Ao final da celebração algumas das autoridades presentes exprimiram seus votos de felicitação a paróquia, dentre eles o Senador Marcelo Crivella, o vice-prefeito Marcio Catão e o vereador Maurício Lopes. O pároco, padre Jorge Luis Pacheco de Medeiros recebeu das mãos do vereador uma placa comemorativa, com a homenagem da Câmara municipal pela data.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.