Parceria entre a UCP e Prefeitura de Petrópolis vai contribuir na prevenção durante as chuvas de verão

Tornar Petrópolis uma cidade resiliente, construindo na população a cultura da prevenção a fim de reduzir os danos provocados pelas chuvas de verão em construções e ocupações irregulares. Esse é o objetivo do projeto SOS Chuvas, lançado nesta quinta-feira (23.11) pela Prefeitura de Petrópolis em parceria com a Universidade Católica de Petrópolis (UCP) e outras três instituições de ensino. A iniciativa vai contar, inicialmente, com 50 alunos voluntários dos cursos de Engenharia Civil, Arquitetura e Tecnólogos em Controle de Obras da UCP.

“Essa parceria vai ser muito importante para os nossos alunos colocarem em prática tudo o que aprenderam em sala de aula, e em uma realidade da nossa cidade, com características montanhosas. É uma honra para a UCP participar desse projeto, que trabalha a prevenção, e que vai beneficiar a nossa cidade e também o nosso corpo discente dos cursos envolvidos”, pontuou Carlos Henrique Freire Lisboa, Pró-Reitor Administrativo Adjunto da UCP que esteve presente no lançamento do projeto.

O trabalho vai envolver as Secretarias de Proteção e Defesa Civil, Meio Ambiente e Obras, Habitação e Regularização Fundiária, além da Universidade que vai disponibilizar os voluntários que terão a oportunidade de ir além da sala de aula e aliar todo o conhecimento adquirido nos cursos em campo.

“Essa parceria é fundamental. Os alunos ganham no aspecto social, enquanto cidadãos em contribuir com a cidade onde vivem e estudam com a população que mais precisa e em um momento mais crítico no município, durante o verão com as chuvas. E profissionalmente é indiscutível o ganho deles, pois vão trabalhar com profissionais competentes da prefeitura, desde geólogos, engenheiros e arquitetos. Eles vão além das paredes da sala de aula e vão ver na prática o que aprenderam na teoria”, explica o secretário de Proteção e Defesa Civil, Paulo Renato Vaz, que apresentou o projeto aos alunos dos três cursos na última terça-feira (21.11) no campus Barão do Amazonas da UCP.

Durante o evento desta quinta, o prefeito Bernardo Rossi também destacou a relevância da participação dos estudantes das áreas envolvidas no programa.

“Temos uma mão de obra extremamente qualificada na nossa cidade, com diversas universidades de renome que podem ajudar a cidade. O programa vai ajudar a comunidade, levando informação e a conscientização com dicas de prevenção; atuando duramente na fiscalização de obras irregulares e também de ocupação irregular de área de proteção ambiental. Essa união entre o poder público e as universidades, que é a mão de obra capacitada, vai ser muito importante, pois os alunos vão cair em campo e ver a realidade da nossa cidade. Mas ainda mais, também vão ter a oportunidade de mudar essa realidade”, disse o prefeito Bernardo Rossi, agradecendo o empenho e participação das universidades no programa.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.