Artigos, Notícias › 14/12/2016

Natal, luz e alegria

ISAÍAS viu de longe e se alegrou:  “Um menino nasceu para nós, um filho nos foi dado. Será chamado Conselheiro maravilhoso, Deus forte, Pai sempiterno, Príncipe da paz”. (Is 9,5) “Ele será chamado Emanuel, Deus conosco”. (Is 7,14).

ANJOS, cantando, anunciaram aos pastores uma grande alegria: “Nasceu hoje para vós um salvador, que é o Cristo Senhor”. (Lc 2,11).

OS PASTORES viram, contemplaram e se alegraram e comunicaram a boa notícia para amigos e vizinhos. (Lc 2,18)

SÁBIOS DO ORIENTE viram sinais no céu, buscaram com persistência e encontraram o menino com Maria sua mãe. prestaram-lhe homenagem, deram-lhe presentes e voltaram para casa radiantes de alegria. (Mt 2,12)

SIMEÃO tomou o menino nos braços, louvou e agradeceu a Deus pela realização das promessas e apresentou o menino como “Luz para as nações e glória de Israel”. (Lc 25,32)

A LITURGIA DO ADVENTO nos convida: “Alegrai-vos sempre no Senhor! mais uma vez eu digo: Alegrai-vos!” (Fil 4,4) e a oração nos incentiva a que “celebremos as festas natalinas com intenso júbilo na solene liturgia” (Terceiro domingo).

AS VITRINES enfeitadas, as luzes piscando, os presépios armados, o Papai Noel sorrindo e abraçando as crianças, nos falam de festa, de esperança, de paz, de alegria.

AS NOVENAS de Natal, as encenações e as músicas natalinas nos convidam ao desarmamento, à reconciliação, à paz, à alegria.

E AO ENTRAR NA IGREJA, eu ouço este convite musical: “Oh aceita agora o salvador Jesus e deixa a luz do céu entrar…” por isso, vou abrir bem as portas do meu coração e vou deixar com alegria Jesus entrar em minha vida… para sempre.

DEPOIS SAIREI FELIZ, gritando para todos: “Cristo é a felicidade… Cristo é a felicidade… sem ter Jesus nesta vida, não há quem seja feliz de verdade…”

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.