N. Sra. Guia Pacobaíba Mauá

N. Sra. Guia Pacobaíba Mauá

Praça Palmira Barenco – Praia de Olaria – Mauá 25930-000 – Guia de Pacobaíba (Magé), RJ


Telefone: (21) 2631-1402
E-mail: nsguia-pacobaiba@diocesepetropolis.org.br

Leo

Administrador Paroquial:
Pe. Leonardo Santos da Silva


Igreja Matriz

Terça-feira: 19h
Domingo: 7h30

Capelas:

Nossa Senhora da Lampadosa
Estrada dos Camarões
Segundo e quarto sábado – às 19h

Nossa Senhora dos Remédios
Avenida Roberto Silveira – Mauá
Primeiro e terceiro sábado – às 19h

Santa Filomena
Estrada Nova de Mauá
Domingo – 11h

São Francisco do Croará
Estrada São Francisco – Mauá
Primeiro e terceiro sábado – às 17h

São Pedro
Praça Palmira Barenco – Praia de Olaria – Mauá
De quarta a sexta – às 19h
Sábado – 8h
Domingo – 9h e 19h

São Jorge e Nossa Senhora das Graças
Avenida N. Sra. das Graças – Ipiranga
Segundo e quarto sábado – 17h

Terça-feira – 8h às 12h e 14h às 18h
De quarta a sábado, de 8h às 12h

Na praia de Mauá, Município de Magé, teria sido fundado uma paróquia no ano de 1647.

Em 1669, na casa do Padre Lucas de Souza, um Oratório servia de igreja paroquial, enquanto estava sendo construída a Igreja de Nossa Senhora da Guia, anteriormente dedicada a Santa Margarida.

Esta primeira igreja de Nossa Senhora da Guia ruiu, e outra foi edificada no outeiro onde hoje se encontra.

Por ordem de Dom José de Barros Alarcão, Bispo do Rio de Janeiro, a Igreja de Nossa Senhora da Guia já funcionava como paróquia em 1683.

No arquivo da Cúria Diocesana de Petrópolis há folhas de registro de óbitos do ano de 1724, assinados pelo pároco Padre Manuel Mendes; nessa época era Bispo do Rio de Janeiro Dom Antônio de Guadalupe, porém somente o Alvará de 14 de dezembro de 1755 deu a Igreja de Nossa Senhora da Guia o título de Paróquia perpétua.

Criação da Paróquia

Sendo Bispo do Rio de Janeiro, Dom Frei Antônio do Desterro foi criada a Paróquia de Nossa Senhora da Guia de Pacobaíba (dita também de Mauá), no dia 14 de dezembro de 1755.

Primeiro Vigário

Nomeado por Dom Frei Antônio do Desterro, Bispo do Rio de Janeiro, o primeiro Vigário da Paroquia de Nossa Senhora da Guia de Pacobaíba foi o Padre Antônio Ferreira, que tomou posse no dia 24 de abril de 1756. (Fonte: Texto escrito por Monsenhor Mário Correa e publicado no Anuário de 1997 da Diocese de Petrópolis)

Pároco e administradores anteriores:

Pe. Antônio Ferreira
Pe. Carlos Caridade

Leia outros artigos sobre a Igreja Nossa Senhora da Guia:

Patrimônio Material de Magé

Igreja Guia de Pacobaíba resiste ao tempo e ainda acolhe os fiéis de Mauá

A Igreja Nossa Senhora da Guia