Processo de beatificação do frei Miguel será aberto pela Arquidiocese de Aracaju

A Arquidiocese de Aracaju abre oficialmente, nesta quinta-feira (1), o processo de Beatificação do Frei Miguel, frade capuchinho que se tornou conhecido como “O Apóstolo de Aracaju”, e a quem o povo de Deus atribui uma vida de santidade.  O tempo canônico exigido pela Igreja para iniciar esse processo é de 5 anos, contado a partir do dia do falecimento do capuchinho. Ele morreu em 9 de janeiro de 2013 com 104 anos de idade.  O arcebispo de Aracajú (SE), dom João José Costa, preside a missa, às 19h, na paróquia São Judas Tadeu, comunidade onde o Frei Miguel exerceu seu ministério por várias décadas.

Leia a notícia completa no site do Regional Nordeste 3 da CNBB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *