Igreja sofre vandalismo em Guapimirim

A Diocese de Petrópolis vem a público manifestar sua tristeza e solidariedade com a comunidade da Paróquia Nossa Senhora da Ajuda, em Guapimirim, por causa profanação e vandalismo ocorrido na Capela Nossa Senhora do Rosário e Santo Antônio Galvão, na comunidade Caneca Fina.

O Bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão, OSB, manifestou sua tristeza com o ocorrido, lamentando a profanação do sacrário e pedindo ao Administrador Paroquial da Paróquia de Guapimirim, Padre Marllon Eduard Gonçalves tome todas as providências para reparação e o retorno das celebrações para o bem da comunidade. O Bispo Diocesano disse que é um momento triste para toda Diocese, mais um momento para se colocar em oração e rezar por quem cometeu este ato com o Cristo vivo e presente na Eucaristia e a sua Igreja.

Na manha de segunda-feira, 15 de julho, fiéis encontraram a Capela Nossa Senhora do Rosário e Santo Antônio Galvão arrombada, o Sacrário violado, e hóstias consagradas (Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo) jogadas no chão. Diversos objetos da Capela foram danificados.

No entanto, para o Padre Marllon Eduard Gonçalves o grande prejuízo foi a profanação as hóstias consagradas, pois foram jogadas no chão. Ele manifestou toda sua tristeza, assim como os fiéis da Comunidade Capela Nossa Senhora do Rosário e Santo Antônio Galvão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *