Encontro reúne em Petrópolis 576 seminaristas do Regional Leste 1

22 04 2017 Encontro Regional dos Seminaristas
Clique na imagem e veja o álbum de fotos

A Diocese de Petrópolis, recebeu no dia 21 de abril, cerca de 576 seminaristas para o I Encontro Regional de Seminaristas do Regional Leste 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O encontro teve inicio na Catedral São Pedro de Alcântara, quando seminaristas foram recepcionados e seguiram em caminhada pelo Centro Histórico até a quadra da Escola Nossa Senhora do Amparo.

Ao longo do percurso, o bispo de Petrópolis, Dom Gregório Paixão (OSB) falou sobre a história da cidade, destacando as construções localizadas na Avenida Koeler, como a Casa da Princesa Isabel e citando ainda a Casa de Santos Dumont, o Palácio de Cristal e o Museu Imperial. Ao retornarem para a Catedral, os seminaristas conheceram um pouco da história da igreja, com a palestra de Dom Gregório Paixão, que destacou os principais momentos, como o fato de que a construção da Catedral ter sido uma das missões da Princesa Isabel, mesmo quando estava no exílio, após a proclamação da República.

O encontro regional dos seminaristas, contou com a presença de diversos bispos do Regional Leste 1, entre eles, o Cardeal da Arquidiocese São Sebastião do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta e o arcebispo da Arquidiocese de Niterói, Dom José Francisco Rezende Dias e ainda os bispos Dom Roberto Francisco Ferrería Paz (Campos), Dom Nelson Francelino Ferreira (Valença), Dom Fernando Arêas Rifan (Administração Apostólica São João Maria Vianney), Dom Tarcísio Nascentes dos Santos (Duque de Caxias), Dom Roque Costa Souza (Bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio) e o Dom Paulo Celso Demartini (abade diretor espiritual do Seminário Redemptoris Mater do Rio de Janeiro). Além dos bispos, diversos padres das dez dioceses marcaram presença no encontro e foram recepcionados pelo reitor do Seminário Diocesano de Petrópolis, Padre Luiz Henrique Veridiano da Silva.

O arcebispo do Rio, Cardeal Dom Orani Tempesta presidiu a missa na Catedral São Pedro de Alcântara, quando ressaltou a importância do encontro como uma forma de promover o lazer e principalmente a unidade entre os seminaristas. Dom Orani destacou ainda que o encontro é uma resposta a todo movimento que se faz para dizer que as vocações na Igreja esta reduzindo e chamou atenção para o número de seminaristas que participaram do encontro na Diocese de Petrópolis.

“É uma tradição que já existe na Província de Niterói e este ano se estende a todo regional. Nós, bispos do regional Leste 1 achamos interessante que os seminaristas tivessem um dia de encontro para se conhecerem, confraternizarem e rezarem juntos. Escolhemos Petrópolis por ser um local importante para história do Brasil, para começar o encontro, com a celebração eucaristica e depois um momento de lazer na Fazenda das Arcas. Com este encontro os seminaristas tem a oportunidade de conhecer as diversas realizadas e também é uma ação graças ver que Deus continua chamando jovens para o sacerdócio”, comentou o Cardeal do Rio. Ouça a entrevista na íntegra

O reitor do Seminário Diocesano de Petrópolis, Padre Luiz Henrique destacou o apoio que recebeu dos leigos de diversas paróquias para montar a estrutura para receber os mais de 550 seminaristas. “Essa é uma experiência de unidade. É importante viver esta integração, ter esta troca de experiência. É uma graça muito grande estarmos reunidos e para mim, que estou à frente do seminário à tão pouco tempo, é um grande desafio, mas, é uma alegria poder contar com tantas pessoas da Diocese para atender os seminaristas”. Ouça a entrevista na íntegra

Os seminaristas Mateus Nogueira da Diocese de Campos (2º ao de Filosofia) e Mateus Vitorino da Arquidiocese de Niterói (1º de Teologia) acreditam que o encontro, por ser o primeiro reunindo todos os seminaristas do Regional Leste 1, é uma excelente oportunidade para conhecer outras realidades, troca de experiências e para promover a unidade e comunhão quando forem ordenados. “Toda vez que a gente vê uma reunião de seminaristas comparamos as realidades e entendemos a realidade de cada seminário. O objetivo principal do encontro é promover a unidade da Igreja, que começa desde o seminário”, comentou Mateus Nogueira. Ouça a entrevista na íntegra com os dois seminaristas