Diocese, Notícias › 25/09/2017

Inscrição online para Assembleia 2017 apresentada na reunião do CPD

23 09 2017 Conselho Pastoral Diocesano

Clique na imagem e veja o álbum de fotos

O Conselho Pastoral Diocesano (CPD) esteve reunido, no dia 23 de setembro de 2017, quando foi apresentado o link – www.santoantoniodepaquequer.com.br/assembleia2017 – para inscrição dos delegados na Assembleia Diocesana 2017. O decano, Padre Jorge Luis Pacheco de Medeiros, do Decanato São Pio X, disse a inscrição online é uma das formas de se inscrever, ressaltando que é mais uma maneira para facilitar o envio do nome dos delegados.

O Coordenador Diocesano de Pastoral, Padre Ernande Nascimento ressaltou que a inscrição é fundamental para ajudar a Paróquia Santo Antônio de Paquequer em Teresópolis (Decanato São Pio X) organize todo o evento. Ele pediu que os nomes inscritos não seja substituídos de última hora e que antes da inscrição se confirme se a pessoa vai mesmo participar como delegado.

No site de inscrição, cada paróquia tem uma senha para realizar a inscrições dos seus delegados, com isso, as informações de cada paróquia são cadastradas separadamente. Padre Jorge Luis explicou ainda que, aqueles delegados que não fazem parte de paróquia, como coordenadores pastorais de decanato e diocesano, comunidades de vida, religiosos e religiosas, podem se inscrever pelo site, pois há opção – para outras representações diocesanas.

A reunião do CPD aconteceu, no salão da Paróquia da Catedral São Pedro de Alcântara e contou com representantes de todas as paróquias da diocese, religiosos e comunidades de vida. O bispo diocesano, Dom Gregório Paixão (OSB) coordenou os trabalhos ao lado do Padre Ernande Nascimento e do Vigário Geral da Diocese, Monsenhor Paulo Daher.

Durante a reunião, os quatro decanos falaram sobre os trabalhos realizados nos decanatos, principalmente as assembleias dos decanatos, que são uma preparação para Assembleia Diocesana. O Padre Carlos Henrique de Morais, decano do Decanato Nossa Senhora do Amor Divino ressaltou a importância do trabalho realizado com o Documento 105 CNBB, quando fala sobre que “o leigo é sujeito eclesial, que está inserido na paróquia para fazer acontecer”, chamando atenção para as palavras do Papa Francisco, quando afirma que “não ter uma mentalidade clerical, mas uma mentalidade de leigo que colabora que ajuda para fazer o trabalho de missão”.

O decano do Decanato São Pedro de Alcântara, Padre José Celestino Coelho falou sobre a importância dos documentos da Igreja e lamentou que muitos leigos não conhecem os documentos. Na sua opinião, o Documento 107 da CNBB “Iniciação a Vida Cristã – itinerário para formar discípulos/missionários. “O que a Igreja vem nos pedindo é o encontro pessoal com Jesus e depois ser missionário. Muitas vezes somos missionários sem ter o encontro com Jesus e depois cansamos e desistimos”.

Padre Jorge Luis, decano de São Pio X, disse que muitas vezes é necessário retomar o inicio da caminhada, lembrando os três temas centrais do Plano Pastoral de Conjunto da Diocese que é Santidade, Comunhão e Missão. Frisando que estas três ações estão interligadas e “precisamos restaurar isto para que possamos continuar nossa caminhada”. Padre Jorge chamou atenção para o desejo das pessoas pela formação, ressaltando que há várias iniciativas neste sentido no Decanato.

Padre Leonardo Tassinare, decano do Decanato São José de Anchieta disse que a assembleia teve como um dos objetivos mostrar que os leigos são protagonistas dentro da Igreja. “São agentes que estão ali de frente e que é preciso superar a mentalidade clerical. Não somente os padres precisam superar esta forma de pensar, mas também os leigos, que muitas vezes ficam esperando o padre para fazer tudo”. Padre Tassinari também ressaltou o interesse das pessoas pela formação, que segundo sua avaliação vem crescendo e tomou por base o encontro preparado em sua paróquia, que inicialmente seria para vinte pessoas e chegaram 60 pessoas e aumentou no segundo encontro e no terceiro perdeu a conta, pois apareceram pessoas da paróquia e de outras paróquias. “Há um desejo das pessoas em se formar. As pessoas estão cansadas dos shoppings e quer buscar a formação a verdade”.

O Vigário Geral da Diocese, Monsenhor Paulo Daher chamou atenção para necessidade de se dar mais atenção as crianças na catequese e nas escolas, assim como a família, frisando que são fundamentais para o trabalho nas paróquias. O encontro terminou com as palavras do Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão que agradeceu a presença de todos na reunião, ressaltando a importância dos trabalhos realizados em todas as paróquias.

Dom Gregório Paixão disse que, nas suas andanças pela Diocese, participando de vários encontros, celebrando missas nas mais diversas comunidades, percebe quantas coisas são realizadas, seja por iniciativas dos leigos e pelos trabalhos paroquiais. O bispo lembrou que avida cristã vem por meio dos grandes sacrifícios, lembrando que assim é a vida, quando é preciso que cada pessoa sofra diversas podas, livrando-se daquilo que não é bom. “A nossa Diocese não está parada, está avançando. A nossa Diocese encontra a cada dia coisas novas para celebrar a palavra de Deus”.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.