Notícias › 25/07/2015

Festival da Juventude e catequese na JDJ

No terceiro dia da Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), os jovens peregrinos tiveram um dia repleto de atividades, começando pelas catequeses divididas por decanato. Após as atividades do Festival da Juventude, os jovens participaram de um momento mariano na Praça da Inconfidência, quando foram para o Colégio Santa Isabel, onde acontece a Vigília, com a presença de Dunga.
Os jovens do Decanato Nossa Senhora do Amor Divino, ficaram na Igreja Nossa Senhora do Rosário e tiveram a oportunidade de partilhar este momento com o Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão, OSB. Os jovens do Decanato São Pedro de Alcântara ficaram na UCP, no Relógio de Flores e ouviram o testemunho e pregação do Padre Vicente, da Comunidade Bethânia.
Os jovens do Decanato São Pio X ficaram no Colégio Santa Isabel. Os jovens do Decanato São José de Anchieta ficaram na Escola Nossa Senhora do Amparo com o Padre Antônio. Após a pregação, aconteceu a missa celebrada pelos pregadores e concelebrada por diversos padres diocesanos.
Na parte da tarde, os jovens peregrinos participaram de vários momentos dentro do Festival da Juventude. No Centro de Cultura Raul de Leoni aconteceu a exposição de Arte Sacra. Neste mesmo centro, na sala de cinema aconteceu a exibição dos filmes Mary e Max e Pickpocket. Em ambas sessões aconteceu debate com a presença do sociólogo Alessandro Garcia e a psicóloga Neide Chaves, professor Carlos Frederico Gurgel da Silveira e professor Thiago Cabrera. No Theatro Municipal Dom Pedro foi apresentado o musical Caminhos da Esperança e oficina viva com Ziza Fernandes e Alunos.
No Palácio de Cristal aconteceu o Pocket show, com Gil Monteiro e Thiago Costa e Ticiana Souza. Na Casa de Educação Visconde de Mauá aconteceu o Café com o autor, quando foram lançados quatro livros: Sementes entre lágrimas do Padre Antônio José; Era uma vez, do bispo, Dom Gregório Paixão, OSB; Teologia Moral: a busca dos fundamentos e princípios para uma vida feliz, com Frei Antônio Moser; e Tome a decisão de Astromar Miranda. Ainda no Café literário acontece a palestra sobre a experiência religiosa na poesia de Adélia Prado com o professor Leonardo Barros. Na Praça da Inconfidência aconteceu ainda a feira caritativa.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.