Diocese, Notícias › 24/09/2020

Eutanásia é crime: afirma Igreja na carta Samaritanus Bonus

Com o avanço no mundo de uma cultura de eutanásia, respaldada por leis aprovadas em vários países, a Igreja Católica mais uma vez vem a pública manifestar e se colocar na defesa da vida, contra qualquer tentativa de tirá-la. Esta semana, no dia 22 de setembro, a Congregação para a Doutrina da Fé publicou a Carta “Samaritanus bonus” (O Bom Samaritano) “sobre o cuidado das pessoas nas fases críticas e terminais da vida”.

O objetivo da Congregação com a carta, é reafirmar o compromisso da Igreja com a vida, contra o avanço de legislação em diversos países autorizando a eutanásia e o suicídio assistido de pessoas gravemente doentes, mas também dos que vivem sós ou com problemas psicológicos.

O objetivo da carta é fornecer indicações concretas para atualizar a mensagem do Bom Samaritano. Também quando “a cura é impossível ou improvável, o acompanhamento médico/ enfermeiro, psicológico e espiritual, é um dever imprescindível, já que o oposto constituiria o desumano abandono do doente”.

Para saber mais sobre o assunto e ler a carta, clique nos links abaixo:

Carta Samaritanus bonus” (O Bom Samaritano) “sobre o cuidado das pessoas nas fases críticas e terminais da vida”

Cuidar dos doentes, aprendendo o que significa amar

Ladaria: “Um texto necessário diante da nova legislação sobre a eutanásia”

“A eutanásia é um crime contra a vida. Incurável não significa incuidável”

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.