Dom Gregório preside Missa de Nossa Senhora do Rocio

Clique na imagem e veja outras fotos

O Bispo Diocesano, Dom Gregório Paixão (OSB), presidiu a Missa pela festa de Nossa Senhora do Rocio, na comunidade do Rocio, em Petrópolis, no dia 15 de novembro, quando incentivou os fiéis a seguirem o exemplo da Virgem e dizer ‘sim’ a Deus e ‘não’ à sociedade que o nega. A comunidade de Nossa Senhora do Rocio faz parte da Paróquia São Judas Tadeu e abriga uma imagem da Virgem, cópia da imagem de Andaluzia, que foi lhe foi dada de presente, vinda da Espanha.

A Santa Missa foi precedida por uma procissão até a igreja, da qual os fiéis participaram rezando e entoando cantos à Virgem Maria.

Em sua homilia durante a celebração Eucarística, o Bispo Diocesano recordou o significado da palavra Rocio, isto é, orvalho. Ele ressaltou que “a Virgem do Rocio chegou ao coração da humanidade através daquilo que nós chamamos orvalho para lembrar que o coração da Virgem é sereno, deseja única e exclusivamente seguir a Deus, é capaz sempre de dizer ‘sim’ aos projetos do Senhor”.

“Pelo exemplo da Virgem Senhora do Rocio, nós também devemos dizer ‘sim’ a Deus e dizer sempre ‘não’ a uma sociedade que nega Deus o tempo todo”, afirmou Dom Gregório.

Segundo o Bispo, “o exemplo da Virgem é muito repetido pela Igreja por um motivo muito simples, o exemplo da Virgem Maria é profundamente humano”. “Mas Ela, plenamente humana, soube dar a Deus uma resposta divina. E a gente só dá aos outros aquilo que a gente tem. E ela lançou para fora, por meio do seu ‘sim’ a graça de um coração e de uma vida que era toda para Deus, que queria obedecer em tudo a Deus. E, por causa disso, Ela foi feliz”, acrescentou.

Ao assinalar que no dia 15 de novembro tem se recordava a Proclamação da República, Dom Gregório Paixão convidou todos a rezar “por nós, pelos outros, pelo Brasil”. “Que a exemplo da Virgem Maria, nós, cristãos, colaboremos para essa vida nova, essa sociedade nova, essa família nova que nasce dela se nascer sedimentada naquele que é o Senhor, Jesus Cristo”.

Ao final da Santa Missa, as crianças fizeram uma encenação da história de Nossa Senhora do Rocio e foi feito um agradecimento ao Bispo Diocesano por sua presença, dando-lhe de presente um quadro da Virgem do Rocio bordado por Neide, membro da comunidade.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.