Notícias › 30/08/2016

Comunidade Mater Dolorosa de Jerusalém celebra 20 anos de fundação

No último dia 26 a Comunidade Mater Dolorosa de Jerusalém celebrou o jubileu de 20 anos de sua fundação, em 26 de agosto de 1996, quando a fundadora Verônica de Souza Jordão iniciou essa obra que hoje conta com membros aliançados e de vida, entre eles casais, solteiros, viúvas, celibatários e sacerdotes.

Com a presença de diversos amigos e sacerdotes a Comunidade vivenciou uma Semana de Oração intensa, em que foram meditados diversos mistérios da vida de Nossa Senhora. Seu auge se deu na sexta-feira com a celebração da Santa Missa por Dom Gregório Paixão, OSB, bispo da Diocese de Petrópolis, e diversos outros irmãos como o Monsenhor José Maria Pereira (Reitor do Seminário Diocesano), Pe. Antônio Carlos (cofundador da Comunidade), Pe. Rafael Soares (membro aliançado da Comunidade), dois irmãos sacerdotes da Ordem dos Frades Menores (franciscanos conventuais), além do Diácono Cláudio Portilho (Santuário Nossa Senhora do Amor Divino).

O tema da noite, “Nossa Senhora aos pés da Cruz pela redenção da humanidade” faz referência ao carisma da Comunidade, que vive a espiritualidade da Cruz com Nossa Senhora. Dom Gregório afirmou que celebrar 20 anos de uma Comunidade é “perseverar a um carisma inspirado pelo Espírito Santo”.  Relembrou que para chegar aos pés da Cruz Maria teve que passar por uma longa caminhada, iniciada pelo seu primeiro “sim”, e que viveu profundamente os mistérios de Deus no seu sofrimento, revelação mais profunda da Misericórdia de Deus. Clique aqui e ouça a homilia de Dom Gregório.

Ao final da celebração Verônica presenteou o bispo em agradecimento pela sua participação, não apenas no dia da festividade mais por todo o seu pastoreio com a Comunidade desde que chegou à Diocese. Atribuiu a ele grande parte da concretização do Carisma. As palavras proferidas por nosso pastor à fundadora e ao cofundador Pe. Antônio foram “Parabéns e perseverança. Vivam profundamente as alegrias, mas sem jamais esquecer de estar todo o tempo aos pés da Cruz com a Virgem Maria, para verem manifestada a glória de Deus”.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.