A piedosa invocação da Virgem Maria é sinal de salvação

28º ENCONTRO

“A piedosa invocação da Virgem Maria é sinal de salvação” (São Bernardo)

ORAÇÃO INICIAL
Faz-se aqui o sinal da cruz convidando os presentes a rezar a oração abaixo:

Vinde, Espírito Santo! Enchei os corações dos vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado. E renovareis a face da terra.

Oremos: Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém! Pai Nosso. Ave Maria. Glória ao Pai.

MEDITANDO A PALAVRA
Todos são convidados a acolher a Palavra de Deus. Com a Bíblia na mão lê-se o Evangelho do dia, podendo ser feita uma breve meditação:

Evangelho do Dia: Jo 16,5-11

PRECES
Elevemos a Deus nossas preces, pedindo a intercessão de Nossa Senhora:

Pelos que se preparam para à vida consagrada, nós vos pedimos.
R: Mãe do Amor Divino, interceda junto a Deus por nós.
Pelos que se preparam para o matrimônio, nós vos pedimos. R.
Pelo aumento das vocações religiosas e missionárias, nós vos pedimos. R.
Pelos que se dedicam às obras missionárias, nós vos pedimos. R.
Por nossa Conferência Episcopal (CNBB), nós vos pedimos. R.
Pelo Conselho Missionário Diocesano (COMIDI), nós vos pedimos. R.
Por nossas missões, nós vos pedimos. R.
Por todas as nossas necessidades, nós vos pedimos. R.

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS

Virgem Maria, Mãe do belo amor, Mãe que jamais deixa de virem socorro a um filho aflito, Mãe cujas mãos não param nunca de servir seus amados filhos, pois são movidas pelo amor divino e a imensa misericórdia que existem em teu coração, volta o teu olhar compassivo sobre mim e vê o emaranhado de nós que há em minha vida. Tu bem conheces o meu desespero, a minha dor e o quanto estou amarrado por causa destes nós. Maria, Mãe que Deus encarregou de desatar os nós da vida dos seus filhos, confio hoje a fita da minha vida em tuas mãos. Ninguém, nem mesmo o maligno poderá tirá-la do teu precioso amparo. Em tuas mãos não há nó que não poderá ser desfeito. Mãe poderosa, por tua graça e teu poder intercessor junto a Teu Filho e Meu Libertador, Jesus, recebe hoje em tuas mãos este nó (apresenta-se a dificuldade). Peço-te que o desates para a glória de Deus, e por todo o sempre. Vós sois a minha esperança. Ó Senhora minha, sois a minha única consolação dada por Deus, a fortaleza das minhas débeis forças, a riqueza das minhas misérias, a liberdade, com Cristo, das minhas cadeias. Ouve minha súplica. Guarda-me, guia-me, protege-me, ó seguro refúgio! Amém!

Pai Nosso. Ave Maria. Glória ao Pai.

Neste momento, recita-se ou canta-se a consagração à Nossa Senhora:

Oh, Minha Senhora, e também minha mãe, eu me ofereço inteiramente todo a vós. E em prova da minha devoção, eu hoje vos dou meu coração.

Consagro a vós meus olhos, meus ouvidos, minha boca. Tudo o que sou, desejo que a vós pertença.

Incomparável mãe, guardai-me e defendei-me como filho(a) e propriedade vossa. Amém!

BÊNÇÃO FINAL:
O Senhor todo poderoso nos abençoe, livre-nos de todo mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.