Artigos, Lectio Divina › 07/08/2018

A paz em Jesus

Em Jeremias  30, 1-2.12-15.18-22, o Senhor revela ao profeta que irá curar todas as feridas do povo causadas pelas maldades que fizeram. Vai mudar a sorte de seu povo. Serão felizes. Vai escolher um chefe que aproximará todos de Deus. Por isso diz o Senhor: “Vocês será o meu povo e eu serei o seu Deus.”

Há pessoas que não tem fé e nem percebem que sua vida é mesmo assim acompanhada de perto pelo amor de um Deus que se faz presente como um Pai em todos os momentos de sua vida.

Em certa maneira de educar na família e em meios que deveriam ser próprios para a educação das novas gerações, a forma como se orientam crianças, adolescentes e jovens pode ainda ser: obedeçam. Sabemos o que é melhor para vocês.

Como uma criança que começa a testar seu equilíbrio ao engatinhar ou dar os primeiros passos, somos sempre confiantes em nossa força, no conhecimento das coisas e na possibilidade de sabermos guiar nossa vida sozinhos, sem interferência dos outros.

Por isso cometemos muitos erros. Caímos bastante. Mas não aprendemos que na vida um dia é depois do outro em que vamos aos poucos amadurecendo para enfrentar sempre mais problemas novos que vão aparecendo.

O profeta em nome de Deus tenta alertar o povo sobre seus erros  ao mesmo tempo oferece o acolhimento da misericórdia de Deus para que retomem o caminho certo.

E o Senhor não abre mão de sua decisão paterna: “Vocês serão o meu povo e eu serei o seu Deus.”

Em Mateus 14, 22-36, o após a multiplicação dos pães, depois que despediram a multidão, os apóstolos foram para atravessar com o barco o lago e Jesus subiu a montanha para orar. Pelas três da manhã Jesus veio andando pelo mar na direção dos apóstolos que enfrentavam uma tempestade. Os apóstolos gritaram pensando ser um fantasma. Jesus os acalmou. Pedro pede para ir ao seu encontro. E Jesus: “vem.“Pedro foi. Mas sobrevindo uma onda, teve medo, começou a afundar e gritou por Jesus que o salvou. Afirmaram que Jesus era o Filho de Deus. Chegando à praia uma multidão veio a seu encontro e ele curou muitos doentes.

Jesus sabe o que quer, o que tem a fazer e sempre  nos surpreende. Hoje veio na direção do barco andando sobre as ondas do lago. Porque Jesus fez isto? Os gestos de Cristo que encontramos em todas as páginas do evangelho como também a maneira como Deus agia na História do povo judeu vai se modificando para que se fixe em nossa mente que Ele é o Senhor e faz o que quer, como quer, sempre pensando em nosso bem.

Espantou aos apóstolos vê-lo caminhar sobre as ondas.Muitas vezes em nossa vida o Senhor se mostra de forma a  mais variada em ocasiões que ele escolhe para tocar nossos corações.

Quando era seminarista, meu irmão veio buscar-me porque meu irmão mais novo, o José, sofrera um acidente e tinha morrido. Lá chegando fiquei na sala com minha mãe, junto ao corpo do José. Muita gente tinha vindo dar os pêsames. Um senhor se sentou ao lado de minha mãe. Não o conhecíamos. Ficou um tempo conversando com ela. Acalmou-a com suas palavras. Depois se despediu e nunca mais o vimos. Minha mãe sentiu que parecia um anjo de Deus ou S. José, que ali viera para consola-la.

Pense: quantas vezes o Senhor mandou alguém ou se manifestou em minha vida. Pela fé sei que Deus cuida bem de mim.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.